Estrabismo
O estrabismo é um defeito visual no qual os olhos estão desalinhados, isto é, apontam para direções diferentes. O desalinhamento ocular pode causar a ambliopia em crianças. Quando os olhos são orientados em direções diferentes, o cérebro recebe duas imagens visuais diferentes. Assim, ele pode ignorar a imagem do olho desalinhado para evitar a visão dupla resultando no desenvolvimento incompleto da visão. Além disso, um olho que vê mal tende a ser desalinhado.
 
Os tipos mais comuns de estrabismo são esotropia, exotropia, hipotropia e hipertropia. O olho desviado pode se endireitar ocasionalmente. Essa doença é uma condição comum entre crianças, mas também pode ocorrer em outra fase da vida.
 
Estrabismo também pode ser descrito pela sua causa. Os três nervos cranianos (III, IV, VI) responsáveis pelo movimento ocular podem estarem fracos ou paralíticos causando estrabismo.
 
Causas de estrabismo: Mais comumente o estrabismo é resultado de uma anormalidade neuromuscular (incluindo o cérebro) sobre o controle de movimento oculares. Menos comumente, um problema com o músculo do olho causa de estrabismo.
 
Estrabismo no adulto: O AVC é a principal causa de estrabismo em adultos. Trauma, problemas neurológicos e doença de Graves (distúrbios oculares da tireoide) são outras causas comuns de estrabismo.
 
Tratamento: O objetivo do tratamento do estrabismo é o de melhorar o alinhamento ocular que permitirá um melhor trabalho em conjunto (visão binocular). O tratamento pode envolver óculos, prismas, e/ ou cirurgia no(s) músculo(s) ocular. Problemas associados ao estrabismo (incluindo a ambliopia, ptose, e catarata) são geralmente tratadas antes da cirurgia do músculo do olho.
 
Fonte: American Association for Pediatric Ophthalmology and Strabismus
 
 
Glaucoma >
< Doenças na Retina